PATROCINADORES

PF pede quebra de sigilo telefônico de Temer, Padilha e Moreira Franco

A Polícia Federal pediu a quebra do sigilo telefônico do presidente Michel Temer (MDB) e dos ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. O objetivo é rastrear ligações do presidente e dos ministros em alguma data próxima a um encontro de Temer com Cláudio Melo Filho, ex-executivo da Odebrecht, ocorrido no Palácio do Jaburu, em 2014. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), quando ainda era vice-presidente, Temer pediu R$10 milhões para abastecer campanhas do então PMDB. O pedido da PF foi feito nesta quarta-feira (6) ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin.

Por que é importante

Temer admitiu o encontro no Jaburu, mas nega que a conversa tenha tratado de valores. As ligações mostrarão qual era o objetivo real da reunião

Quem ganha

A Polícia Federal, que não dá trégua às investigações

Quem perde

Os três envolvidos, que não conseguem descolar seus nomes de suspeitas de corrupção

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 12 =

Pergunte para a

Mônica.