PATROCINADORES

Pence rejeita acionar dispositivo para remover Trump da presidência

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, informou na terça-feira (12) que não vai invocar a 25ª emenda da Constituição americana, que possibilitaria a remoção imediata de Donald Trump da presidência por deficiência ou incapacidade para lidar com o cargo. Em carta enviada à presidente da Câmara, Nancy Pelosi, Pence apontou que o uso do dispositivo poderia abrir um “precedente terrível” e contribuiria para inflamar ainda mais as tensões no país. “Não acredito que tal curso de ação seja no melhor interesse de nossa nação ou seja consistente com nossa Constituição”, escreveu. A decisão do vice abre caminho para a votação do impeachment de Trump no Congresso. A via, praticamente unânime entre os democratas, começa a ganhar corpo também entre os republicanos. O pedido de impedimento deve avançar na Câmara, mas não se sabe se haverá tempo hábil para um julgamento no Senado antes da posse de Joe Biden, marcada para o próximo dia 20. Enquanto isso, Donald Trump teve o seu canal no YouTube bloqueado por sete dias por violar a política de incitação à violência. Desde a invasão do Capitólio na última semana por seus apoiadores, Trump já foi barrado no Twitter e no Facebook.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − cinco =