PATROCINADORES

Pela décima vez, Collor é denunciado na Lava Jato

Pela décima vez no âmbito da operação Lava Jato, a Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou nesta quarta-feira (29) o senador licenciado Fernando Collor de Mello (Pros-AL), acusado do crime de peculato. Segundo a PGR, Collor atuou para que seu amigo, João Lyra, proprietário da empresa Laginha Agro Industrial, firmasse contrato com a BR Distribuidora. Os contratos rederam R$ 240 milhões ao empresário. Quando foi firmado o contrato com a subsidiária da Petrobras, a empresa de Lyra já era alvo de 6.914 protestos de dívidas, que somavam R$ 72,7 milhões. 

Por que é importante

Segundo a denúncia da PGR, a BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras, saiu no prejuízo, visto que a Laginha Agro Industrial não conseguiu cumprir os contratos

Quem ganha

A PGR e a operação Lava Jato

Quem perde

Fernando Collor de Mello

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − treze =

Pergunte para a

Mônica.