PATROCINADORES

Paulo Guedes quer recriar CPMF, segundo jornal

Em coluna publicada nesta quarta-feira (19) no jornal Folha de S. Paulo, a jornalista Mônica Bergamo traz a informação de que Paulo Guedes, assessor econômico de Jair Bolsonaro (PSL), pretende recriar um imposto nos moldes da extinta CPMF caso o presidenciável ganhe as eleições. As declarações do economista, apontado por Bolsonaro como seu futuro ministro da Fazenda em caso de vitória, teriam sido dadas para um grupo restrito de pessoas, reunidas pela GPS Investimentos. Guedes também teria dito que pretende criar uma alíquota única do Imposto de Renda, de 20% para pessoas físicas e jurídicas. Os mesmos 20% seriam aplicados para tributar a distribuição de lucros e dividendos. No Twitter, Bolsonaro afirmou que vai trabalhar para reduzir a carga tributária, mas não fez qualquer referência às propostas apresentadas por Guedes.

Por que é importante

Extinta em 2007, a CPMF era um imposto que incidia sobre movimentações financeiras. Defendida por muitos economistas como instrumento para aumentar a arrecadação do governo, a taxa costuma ser amplamente rejeitada pela população, o que acaba influenciando na tomada de decisão pelos políticos

Quem ganha

Um imposto nos moldes da CPMF seria bom para as contas públicas, que têm sofrido nos últimos anos

Quem perde

A população, que passaria a pagar um novo imposto

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − doze =

Pergunte para a

Mônica.