Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Para não dar palanque a Lula, Moro adia depoimento

O juiz Sérgio Moro adiou nesta quarta-feira (15) o interrogatório do ex-presidente Lula e demais réus da ação penal envolvendo o sítio de Atibaia. A justificativa, de acordo com o magistrado, é “evitar a exploração eleitoral dos interrogatórios”. As audiências estavam marcadas para datas entre 27 de agosto e 11 de setembro e agora devem ocorrer entre 5 e 14 de novembro, depois do segundo turno. Lula já foi interrogado em duas oportunidades por Moro. A primeira, em maio do ano passado, foi no âmbito do processo do tríplex, pelo qual o ex-presidente foi condenado e cumpre sua pena na Superintendência da PF. Na segunda, o ex-presidente foi a Curitiba para depor no processo que apura o recebimento de vantagens indevidas por meio do Instituto Lula.

Por que é importante

No processo do sítio, é investigado se Lula recebeu cerca de R$ 1 milhão das empresas Odebrecht, OAS e Schahin por meio de obras feitas na propriedade, que era frequentada por ele e sua família

Quem ganha

A lisura do jogo eleitoral

Quem perde

Lula e Fernando Haddad, virtual candidato do PT à presidência. O partido queria usar o depoimento de Lula para reforçar o discurso da vitimização

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.