Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Para ministro, decisão da ONU sobre Lula “é intromissão política”

O Itamaraty divulgou nota à imprensa informando que as conclusões da ONU sobre os direitos políticos de Lula “têm caráter de recomendação e não possuem efeito juridicamente vinculante.” Em outras palavras: segundo o governo brasileiro, o documento da ONU deve ser ignorado. Não é só. Para o ministro da Justiça, Torquato Jardim, a decisão liminar do Comitê de Direitos Humanos da ONU que beneficiaria o ex-presidente Lula é “uma intromissão política e ideológica indevida em tema técnico-legal”.

Por que é importante

O informe divulgado hoje pela a ONU pede que o Brasil adote “todas as medidas necessárias para assegurar os direitos políticos de Lula”. Para a defesa do ex-presidente, a decisão da ONU deve ser “cumprida, é mandatória e não comporta qualquer tipo de questionamento.” O governo brasileiro refuta a afirmação.

Quem ganha

O discurso petista de que Lula e Dilma são vítimas de uma conspiração nacional

Quem perde

Lula, que apesar da recomendação da ONU continuará preso, sem participar dos debates na TV e fora da corrida eleitoral

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.