Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

2 Commentários

Os momentos Dilma de Lula

Os momentos Dilma de Lula

O ex-presidente Lula fez um longo discurso no sábado (9) antes de ser preso. Em vários momentos, Lula disparou frases desconexas, de difícil compreensão, lembrando Dilma Rousseff e suas pérolas inesquecíveis quando ocupava a Presidência da República. Confira a seguir os momentos Dilma de Lula no discurso horas antes da prisão.

 

“Imagina um cara ser acusado de suicídio e não tenha sido ele o assassino. O que que a família do morto quer? Que ele seja morto, que ele seja condenado”

“Está aqui nossa companheira Jandira Feghali, que é uma companheira extraordinariamente combativa, tá? O Glauber Rocha… É Braga, é Braga. Alguém prepara uma nominata para mim que eu vou citando as pessoas.”

“Quero cumprimentar o nosso querido escritor Fernando de Morais, que está escrevendo a biografia do meu governo –que nunca termina, porra! Eu estou quase para morrer e ele não termina a minha biografia.”

“E eu fazia assembleia de manhã pra evitar que o pessoal bebesse um pouquinho à tarde. Porque quando a gente bebe um pouquinho, a gente fica mais ousado. Mesmo assim, não evitava, porque o cara levava litro de conhaque dentro da mala e eu ainda passava e tomava uma dosezinha pra garganta ficar melhor, coisa que não aconteceu hoje.”

“Deram a primazia dos bandidos fazerem um Pixuleco pelo Brasil inteiro. Deram a primazia dos bandidos chamarem a gente de Petralha.”

“Agora, nós estamos quase que na mesma situação, eu estou sendo processado e eu tenho dito claramente: o processo do meu apartamento, eu sou o único ser humano que sou processado por um apartamento que não é meu.”

“O sonho de consumo deles é a fotografia do Lula preso. Ah, eu fico imaginando a tesão da Veja colocando a capa minha preso. Eu fico imaginando a tesão da Globo colocando a fotografia minha preso. Eles vão ter orgasmos múltiplos.”

“Eu vou terminar com uma frase que eu peguei em 1982, com uma menina de dez anos em Catanduva, que eu não sei quem é. E essa frase não tem autor.”

“Por isso companheiros, eu não tenho lugar no meu coração para todo mundo. Mas eu quero que vocês saibam, se tem uma coisa que eu aprendi a gostar é da minha relação com o povo. Quando eu pego na mão de um de vocês, quando eu abraço um de vocês, quando eu beijo – porque agora eu beijo homem e mulher igualzinho – quando eu beijo um de vocês, eu não estou beijando com segundas intenções. Eu estou beijando porque quando eu era presidente, eu dizia, eu vou voltar para onde eu vim e eu sei quem são meus amigos eternos e quem são os amigos eventuais.”

Comentários

  1. Faltou a citar, incitação que ele para o povo ir as ruas tocar fogo em pneus.
    Grave isso….muito triste

  2. Ops, faltou citar, a incitação que ele para o povo ir as ruas, tacar fogo em pneus.

Envie seu comentário