PATROCINADORES

Operação da PF mira ex-governador Marconi Perillo

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (28) a Operação Cash Delivery. A ação, baseada na delação de executivos da empreiteira Odebrecht, apura o pagamento de propina a agentes públicos em Goiás. A cifra investigada é de mais de R$ 12 milhões. Entre os alvos está o ex-governador do estado Marconi Perillo (PSDB). Os policiais cumprem mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Perillo. Além disso, a PF prendeu Jayme Rincon, coordenador de campanha do atual governador e candidato à reeleição, José Elinton (PSDB).

Por que é importante

Marconi Perillo deixou o cargo em abril para concorrer a uma vaga ao Senado. Ele lidera as pesquisas no estado. O político também é vice-presidente do PSDB

Quem ganha

Os adversários do tucano na eleição

Quem perde

Perillo, que pode ter a campanha prejudicada

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =

Pergunte para a

Mônica.