PATROCINADORES

Novo critica PT, mas anuncia neutralidade no segundo turno

Em comunicado divulgado nesta terça-feira (9) nas redes sociais, o Novo informou que não irá apoiar nenhum candidato no segundo turno da eleição presidencial. A sigla teve João Amoêdo como postulante ao cargo. Ele conseguiu 2,5% dos votos válidos e ficou na quinta colocação. O partido destaca na nota que o cenário não era o desejado e que vai contribuir com a sociedade através da bancada eleita no último domingo (7). Confira a íntegra:

“O NOVO obteve importantes conquistas e sai fortalecido das eleições de 2018. No entanto, o cenário presidencial no segundo turno não é aquele que desejávamos.

Manteremos nossa coerência e nossa contribuição à sociedade se dará através da atuação da nossa bancada eleita, alinhada com nossos princípios e valores.

O NOVO não apoiará nenhum candidato à Presidência, mas somos absolutamente contrários ao PT, que tem ideias e práticas opostas às nossas.”

Por que é importante

O Novo conseguiu eleger oito deputados federais e colocou um candidato ao governo no segundo turno

Quem ganha

Bolsonaro. Mesmo com a neutralidade, a tendência é que os correligionários do Novo apoiem o candidato do PSL

Quem perde

Haddad. Descartado como opção de voto do partido

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 2 =

Pergunte para a

Mônica.