PATROCINADORES

Nove partidos da base se declaram contra a reforma do IR e a taxação de lucros e dividendos

Em nota conjunta, nove partidos governistas manifestaram posição contrária à proposta de reforma do imposto de renda (IR) e à taxação da distribuição de lucros e dividendos pelas empresas. A nota foi assinada por PSL, PSDB, MDB, Democratas, Solidariedade, Podemos, Novo, Cidadania e PV, que somam na Câmara 190 deputados, incluindo o relator do projeto, Celso Sabino (PSDB-PA).

Com a oposição, que conta com 130 deputados, seriam 320 parlamentares para derrubar a matéria no plenário. “Os setores produtivos e a classe trabalhadora do Brasil não suportam uma proposta que aumenta a carga tributária, penaliza os investimentos e atrapalha a geração de empregos e renda”, afirma o texto.

As legendas explicaram que as mudanças não podem ser feitas sob pressão do Executivo. O presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que em menos de duas semanas colocará o projeto em votação direto no plenário, sem passar por debates nas comissões.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.