PATROCINADORES

Nova condenação no TRF-4 reforça inelegibilidade de Lula

O Tribunal Regional da Quarta Região (TRF-4) manteve na quarta-feira (27) por unanimidade a condenação do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia (SP) e decidiu ainda aumentar a pena do petista para 17 anos, 1 mês e 10 dias de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Por conta da recente decisão do STF, considerando inconstitucional a execução imediata da sentença logo após a condenação em segunda instância, é improvável que Lula volte tão cedo para a cadeia para começar a cumprir a pena. O julgamento no TRF-4, no entanto, tornou o ex-presidente ficha suja pela segunda vez. Ele já estava inelegível, por conta da Lei da Ficha Limpa, desde o ano passado após ser condenado pelo mesmo tribunal no caso do tríplex do Guarujá.

Por que é importante

Lula fica impedido de disputar eleições

Quem ganha

Outras frentes da esquerda, que buscam quebrar o protagonismo do PT

Quem perde

O ex-presidente, que agora precisa reverter duas condenações para voltar a ser elegível

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.