PATROCINADORES

Não é piada. STF decide sobre sátiras contra políticos nas eleições

O STF decidiu nesta quinta-feira (21), por unanimidade, liberar que os programas humorísticos façam sátiras durante o período eleitoral. Os ministros derrubaram definitivamente um artigo da Lei das Eleições que impedia a ridicularização dos candidatos, partidos ou coligações.

Por que é importante

A norma representava censura prévia e feria a liberdade de expressão e de imprensa

Quem ganha

A democracia

Quem perde

Políticos que não sabem lidar com críticas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + 8 =

Pergunte para a

Mônica.