PATROCINADORES

Na polêmica do Orçamento, Lira e Maia trocam farpas pelo Twitter

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta segunda-feira (19) que as críticas ao Orçamento aprovado pelo Congresso “são injustas e oportunistas”. No Twitter, Lira destacou que a tramitação do texto no Congresso se deu por meio de acordo entre os Poderes Executivo e Legislativo e indicou que cabe ao governo federal propor soluções que atendam as demandas negociadas durante a discussão. Ele ainda aproveitou para espinafrar o ex-presidente da Casa Rodrigo Maia (DEM-RJ). “O Orçamento desse ano só foi aprovado depois da eleição dos novos presidentes da Câmara e do Senado, justamente pelas dificuldades criadas pela gestão do meu antecessor e os seus compromissos políticos”, escreveu. Mesmo sem ter o nome citado na publicação, Maia rebateu em tom de ironia. “O presidente da Casa virou humorista. Aliás, defender a sanção do Orçamento de 2021 só pode ser uma piada”, respondeu. O presidente Jair Bolsonaro tem até a próxima quinta-feira (22) para sancionar ou não a proposta orçamentária. O texto causa polêmica devido a cortes feitos em despesas obrigatórias, que inviabilizaria o funcionamento da máquina pública, e por ter turbinado as emendas disponíveis aos parlamentares.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.