Document
PATROCINADORES

Na CPI, ex-secretário de Saúde do AM deve ser questionado sobre colapso e suspeita de corrupção

A CPI da Pandemia retoma os trabalhos na terça-feira (15), a partir das 9h, com o depoimento do ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campelo. O ex-gestor será questionado pelos senadores principalmente sobre os motivos quem levaram a saúde pública a entrar em colapso no estado no início de 2021, com falta de leitos e de oxigênio medicinal nos hospitais que recebiam pacientes infectados com o novo coronavírus. Os parlamentares devem tratar também das ações da Polícia Federal que apuram o desvio de dinheiro na compra de respiradoras e outras iniciativas no enfrentamento à crise sanitária. A PF investiga ainda se o governo do Amazonas favoreceu empresários locais na construção de um hospital de campanha em Manaus. Os agentes fizeram buscas na casa do governador Wilson Lima, na sede do governo, na Secretaria de Saúde e na residência de Campelo, que chegou a ser preso. Além disso, a CPI aprovou a quebra dos sigilos telefônico e telemático do ex-secretário. O governador estava convocado para comparecer à comissão na última semana, mas conseguiu uma liminar no STF para escapar de depor.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.