PATROCINADORES

MPF do Rio faz pedido de suspeição contra Gilmar Mendes

A força-tarefa da Lava-Jato no Rio de Janeiro entrou nesta quarta-feira (6) com um pedido de suspeição contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. O pedido vem depois de Mendes ter soltado 20 presos pela Lava-Jato no Rio em menos de um mês. As informações foram divulgadas pelo site do jornal O Globo. Desta vez, o documento é focado na relação da Fecomércio-RJ com o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), controlado pela família do ministro. Segundo O Globo, os dados obtidos com a quebra de sigilo fiscal da Fecomércio mostram pagamento de R$ 50 mil em 2016, durante a presidência de Orlando Diniz (solto pelo ministro), em benefício do IDP.

Por que é importante

Gilmar Mendes é o relator de casos relacionados à Operação Calicute, parte da Lava-Jato

Quem ganha

A Operação Lava-Jato

Quem perde

Gilmar Mendes e os réus que foram soltos por ele

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − dezesseis =

Pergunte para a

Mônica.