PATROCINADORES

MPF denuncia autor de atentado

O Ministério Público Federal apresentou nesta terça-feira (2) denúncia contra Adélio Bispo de Oliveira, preso em flagrante após tentar matar o candidato Jair Bolsonaro (PSL) durante um ato de campanha no último mês em Juiz de Fora (MG). O autor do crime foi denunciado por praticar “atentado pessoal por inconformismo político”. O MPF relata que Oliveira “expôs a grave e iminente perigo o regime democrático ao tentar interferir no resultado das eleições” e agiu com o objetivo de excluir Bolsonaro da disputa eleitoral. Caso seja condenado, ele poderá cumprir de três a dez anos de prisão.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.