Document
PATROCINADORES

Ministro defende anistia ao caixa dois e quer mandatos no STF

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB/MS), encaminhou uma carta com medidas para a pré-candidatura de Henrique Meirelles (MDB) ao Palácio do Planalto. Na mensagem, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, Marun propõe a redução do número de partidos no país caso Meirelles seja eleito. “Vamos propor em janeiro uma reforma política que realmente reduza o número de partidos, acabe com a reeleição para o executivo, reduza o número de parlamentares nas casas legislativas da União, Estados e Municípios e reduza proporcionalmente estas despesas”. O ministro também sugere anistia ao caixa dois. “Vamos desburocratizar as eleições, mas punir realmente o uso de dinheiro ilegal nos pleitos. Podemos propor uma forma de leniência para o caixa dois já praticado e o criminalizarmos para o futuro”. Marun defende ainda a criação de um tribunal acima do STF. “Vamos propor mandatos para o STF, revogar a Lei da Bengala, votar a Lei do Abuso de Autoridade, e criarmos uma Corte Constitucional que possa dirimir conflitos entre as decisões do STF e a Constituição Federal.”

Por que é importante

Carlos Marun é responsável pela articulação política do governo Temer

Quem ganha

Henrique Meirelles, que ganha força dentro do MDB para ser confirmado como candidato a presidente

Quem perde

Ciro Gomes (PDT), chamado de "débil mental" por Marun na carta

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.