PATROCINADORES

Ministério da Economia vai cortar 3.100 cargos após fusão de pastas

O novo secretário-adjunto de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Gleisson Rubin, informou nesta quarta-feira (2) que o Ministério da Economia vai cortar 3.100 cargos. O corte dos cargos se dará com a fusão das antigas pastas da Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio Exterior, e Ministério do Trabalho. No total, segundo Rubin, o corte representa aproximadamente 30% dos cargos hoje disponíveis. A economia gerada com a mudança está sendo calculada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Por que é importante

Eleito com o discurso de “menos Estado”, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve focar a diminuição dos gastos públicos cortando cargos nos ministérios do Executivo

Quem ganha

A economia do país

Quem perde

Os que serão demitidos e prováveis políticos que fizeram as indicações de cargos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =

Pergunte para a

Mônica.