PATROCINADORES

Médicos brasileiros vão substituir cubanos ainda neste mês

O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (16) que irá selecionar médicos brasileiros para substituir os cubanos que deixarão o programa Mais Médicos. Após as críticas do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), ao programa, o governo de Cuba decidiu sair do Mais Médicos, deixando 8.332 vagas abertas. “A seleção de profissionais brasileiros em primeira chamada do edital será realizada ainda no mês de novembro”, disse o Ministério da Saúde.

Por que é importante

A saída dos médicos cubanos afetará 28 milhões de pessoas, informa a Confederação Nacional dos Municípios (CMN)

Quem ganha

Pacientes de regiões mais pobres do país e que dependem do programa Mais Médicos

Quem perde

Os médicos cubanos que deixarão o programa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =

Pergunte para a

Mônica.