Document
PATROCINADORES

MBD será o partido mais beneficiado pelo Fundo Eleitoral

Por unanimidade, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu nesta quinta-feira (24) a distribuição dos recursos do Fundo Eleitoral para financiar campanhas.O montante deve chegar a R$ 1,716 bilhão. O principal critério para a distribuição dos recursos é o tamanho da bancada no Congresso no dia 28 de agosto do ano passado. A legenda do pré-candidato Henrique Meirelles deve receber R$ 234,19 milhões por ter a maior bancada. Os recursos serão divulgados apenas para os partidos que tiverem aprovado e divulgado os critérios para a distribuição dos recursos entre os candidatos para todos os cargos.

Por que é importante

O Fundo Eleitoral, definido pelo Congresso no ano passado, é uma das principais fontes de recursos dos partidos políticos, uma vez que, em 2015, foi proibido o financiamento de campanhas políticas por empresas, após inúmeras denúncias de corrupção e lavagem de dinheiro

Quem ganha

As legendas que mais receberão serão são: MDB (13,64%), R$ 234,19 milhões; PT (12,36%) com R$ 212,2 milhões; PSDB (10,83%), com R$ 185,8 milhões ; PP (7,63%), com R$ 130,9 milhões; e PSB (6,92%), com com R$ 118,7 milhões

Quem perde

Partido Novo, PMB, PCO e PCB, que são as legendas que terão menos recursos, 0,57%, o que equivale a R$ 9,7 milhões cada

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.