Document
PATROCINADORES

Maia vai esperar proposta de aposentadoria de militares para instalar CCJ

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira (25) que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) só será instalada após o governo dar prazo para apresentar a proposta de aposentadoria dos militares. “Não adianta instalar a CCJ porque alguns partidos da base de apoio já disseram que, sem o projeto dos militares aqui na Casa, eles não votam a admissibilidade da reforma da Previdência na comissão”, disse Maia em entrevista ao blog do Valdo Cruz, no G1. O parlamentar indicou que a ideia era definir os nomes dos membros da comissão ainda nesta semana, mas, com o impasse, deve ficar para depois do Carnaval. “Agora, fica no mínimo para depois do Carnaval. O governo precisa resolver a questão dos militares, os partidos aliados estão deixando claro que não aceitam a exclusão de nenhuma categoria na reforma previdenciária”, acrescentou o presidente da Câmara.

Por que é importante

A CCJ é a primeira etapa de tramitação da reforma da Previdência na Câmara. Os deputados vão discutir se a proposta fere ou não a Constituição

Quem ganha

Os deputados federais, que vão barganhar mudanças no texto encaminhado pelo governo

Quem perde

A equipe econômica, que quer agilidade na aprovação da reforma

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.