Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Maia defende afastamento de secretário da Cultura: “Inaceitável”

Maia defende afastamento de secretário da Cultura: “Inaceitável”

O pronunciamento do secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, com referências ao ministro de propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels, irritou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). No Twitter, Maia defendeu nesta sexta-feira (17) que Alvim seja afastado do cargo.

“O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, escreveu.

A fala do secretário gerou uma onda de repúdio nas redes sociais. Além de copiar um trecho de um discurso de Goebbels, a gravação tem como trilha de fundo a ópera “Lohengrin”, de Richard Wagner, considerada uma das favoritas de Hitler. No vídeo, Alvim anuncia a criação do “Prêmio Nacional das Artes” e projeta uma mudança no cenário cultural do país.

“A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada”. Veja a íntegra:

Envie seu comentário

17 − catorze =