PATROCINADORES

Petista ataca Moro, procuradores e imprensa em discurso

O ex-presidente Lula discursou pela primeira vez desde que o juiz Sérgio Moro expediu a ordem de prisão contra ele. Na fala, Lula criticou Moro, os procuradores da força-tarefa da Lava Jato e a imprensa. Ao dizer que era inocente, o petista afirmou estar sendo processado por um apartamento que não é dele. “E eu pensei que o Sérgio Moro ia resolver, mas ele mentiu dizendo que era meu”. Sem citar o procurador Deltan Dallagnol, Lula lembrou o episódio da apresentação do power point, em que ele foi apontado como sendo o líder de um esquema criminoso, e também comentou sobre a repercussão das denúncias contra ele nos veículos de comunicação. “Nenhum deles tem coragem ou dorme com a consciência tranquila, da honestidade, da inocência, que eu durmo. Não estou acima da Justiça. Se eu não acreditasse na Justiça, eu não teria entrado em um partido, mas sim feito uma revolução. A história vai mostrar que quem cometeu o crime foi o delegado que me investigou, o juiz que me condenou e o Ministério Público que foi leviano comigo”, completou Lula.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 11 =

Pergunte para a

Mônica.