PATROCINADORES

Lava Jato: PF mira desvios em obras do Rodoanel

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (21) a Operação Pedra no Caminho, desdobramento da Lava Jato em São Paulo, que apura desvio de recursos públicos nas obras do trecho norte do Rodoanel. São cumpridos 15 mandados de prisão temporária e 51 mandados de busca e apreensão. O inquérito policial foi instaurado em 2016, após denúncia de um ex-funcionário de uma empresa. Ele apontou manipulações com o objetivo de aumentar o valor pago às empreiteiras. A irregularidade gerou sobrepreço de mais de R$ 131 milhões. São alvos ex-diretores da estatal paulista Dersa e executivos das construtoras OAS e Mendes Junior.

Por que é importante

As obras tiveram início em 2013 durante a gestão do ex-governador Geraldo Alckmin

Quem ganha

A Lava Jato em São Paulo

Quem perde

O tucano, provável candidato do PSDB à Presidência da República

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 5 =

Pergunte para a

Mônica.