PATROCINADORES

Justiça nega pedido de indenização de Temer contra Joesley

O juiz titular da 10ª Vara Cível de Brasília negou o pedido de indenização do presidente Michel Temer contra o empresário Joesley Batista, delator na Operação Lava Jato, e, ainda, condenou Temer ao pagamento de R$ 60 mil, referente às custas processuais e aos honorários advocatícios, valor equivalente a 10% da ação, que cobrava indenização de R$ 600 mil por danos morais. Para o magistrado, “ausentes o ato ilícito e o dano moral, o pedido deduzido pelo autor não merece ser acolhido”.

Por que é importante

Temer decidiu processar Joesley depois de ter sido apontado pelo empresário, em uma entrevista à revista Época, como chefe da "maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil”

Quem ganha

Joesley. O magistrado considerou que os fatos apresentados na revista já eram de conhecimento público, não havendo como se considerar que a entrevista teve o propósito de denegrir a imagem do presidente

Quem perde

Temer. O presidente não receberá a indenização e ainda terá que desembolsar R$ 60 mil pelas custas do processo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 10 =

Pergunte para a

Mônica.