PATROCINADORES

Justiça manda soltar Marconi Perillo

Marconi Perillo

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) acatou pedido da defesa de Marconi Perillo (PSDB) e concedeu habeas corpus ao ex-governador de Goiás, nesta quinta-feira (11). O tucano estava preso desde quarta (10) na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Goiânia, após ser detido pela PF enquanto prestava depoimento no âmbito da Operação Cash Delivery. Perillo é investigado por suposta propina paga pela empreiteira Odebrecht, no valor de R$ 12 milhões.

Por que é importante

Perillo já havia sido alvo de busca e apreensão nesta operação, no dia 28 de setembro. O político não conseguiu se eleger para o Senado

Quem ganha

O tucano, que estava preso preventivamente

Quem perde

A PF, que havia detido Marconi Perillo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 9 =

Pergunte para a

Mônica.