Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

1 comentário

Ibope: Bolsonaro tem 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; e Alckmin, 7%

Ibope: Bolsonaro tem 32%; Haddad, 23%; Ciro, 10%; e Alckmin, 7%

A nova pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (3) mostra que Jair Bolsonaro e Fernando Haddad oscilaram positivamente dentro da margem de erro. O candidato do PSL, que segue na liderança da corrida presidencial, passou de 31% para 32% (38% dos votos válidos). O petista foi de 21% para 23% (28% dos votos válidos).

Enquanto isso, Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) oscilaram negativamente. O pedetista caiu de 11% para 10% e o tucano de 8% para 7%. Marina Silva (Rede) se manteve com 4%.

João Amoêdo (Novo) tem 2%; Henrique Meirelles (MDB) e Cabo Daciolo (Patriota), 1%. Os demais candidatos não pontuaram. Brancos, nulos e indecisos somaram 17%.

Bolsonaro segue com a maior rejeição entre os candidatos, seguido de Haddad. Veja os índices:

– Bolsonaro: 42%
– Haddad: 37%
– Marina: 23%
– Alckmin: 17%
– Ciro: 16%
– Meirelles: 10%
– Cabo Daciolo: 9%
– Eymael: 8%
– Boulos: 8%
– Vera: 8%
– Alvaro Dias: 8%
– Amoêdo: 7%
– João Goulart Filho: 6%
– Poderia votar em todos: 3%
– Não sabe/não respondeu: 7%

Nas simulações de segundo turno, o candidato do PSL aparece à frente apenas de Marina. Confira os confrontos:

– Haddad 43% x 41% Bolsonaro
– Ciro 46% x 39% Bolsonaro
– Alckmin 41% x 40% Bolsonaro
– Bolsonaro 43% x 39% Marina

O Ibope ouviu 3.010 eleitores entre os dias 1º e 2 de outubro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Por que é importante
Jair Bolsonaro e Fernando Haddad estão consolidados nas duas primeiras posições e devem protagonizar o segundo turno. O candidato do PSL ainda sonha em ser eleito no primeiro turno. Já o petista tenta não deixar o rival descolar
Quem ganha
Bolsonaro e Haddad, que cresceram em relação ao levantamento anterior
Quem perde
Ciro e Alckmin, que caíram

Comentários

Envie seu comentário