Document
PATROCINADORES

Grupo que clonou WhatsApp de ministros é alvo da PF

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (17) a Operação Swindle para combater um grupo suspeito de clonar números telefônicos para aplicar golpes via WhatsApp. Entre as vítimas dos criminosos estão dois ministros do governo Temer: Eliseu Padilha (Casa Civil) e Carlos Marun (Secretaria de Governo), além de Osmar Terra, ex-ministro do Desenvolvimento Social e Agrário.

Por que é importante

Os alvos da PF se "apossavam" das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por elas, solicitavam transferências bancárias dos contatos mais frequentes

Quem ganha

As vítimas e o combate a golpes aplicados pela internet

Quem perde

Os suspeitos, que poderão responder pelos crimes de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.