PATROCINADORES

Governo Bolsonaro encerra Conselhão criado por Lula

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu encerrar as atividades do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o chamado Conselhão, criado pelo ex-presidente Lula, em 2003. O Conselhão era composto por integrantes da sociedade civil – como Luiz Carlos Trabuco, Luiz Helena Trajano, Abilio Diniz, Claudio Lottenberge, entre outros – e tinha por objetivo assessorar o presidente da República em diversas áreas de atuação do governo federal. “Encerramos esse ciclo, eu e a equipe da Secretaria, com a sensação de dever cumprido, de que fizemos nosso melhor para auxiliá-los em seus trabalhos e para ajudar a transformar o Conselho em um Conselho de resultados”, escreveu Luiz Eduardo Rodrigues Alves, da Secretaria do Conselhão, em carta dirigida aos antigos integrantes da organização. A Casa Civil também enviou mensagem de agradecimento aos colaboradores. “Foram quase 14 anos de muito aprendizado e inúmeras conquistas. Os últimos seis meses foram os mais desafiadores. Foi uma honra trabalhar com todos”, consta na carta. 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + doze =

Pergunte para a

Mônica.