PATROCINADORES

Governo Bolsonaro determina paralisação da reforma agrária

O governo de Jair Bolsonaro determinou que todos os servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) parem todos os processos envolvendo apropriação ou aquisição de terras para o programa nacional de reforma agrária no país. A paralisação deve afetar os cerca de 1,7 mil processos de delimitação de terras no país. Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a paralisação é por causa das “diretrizes adotadas pelo novo governo, em especial no que se refere ao processo de regularização fundiária na Amazônia Legal”. 

Por que é importante

Sob o Ministério da Agricultura, o Incra deve dar prioridade aos ruralistas durante o governo Bolsonaro, o que deve prejudicar os movimentos que buscam distribuição de terras

Quem ganha

Os ruralistas

Quem perde

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 − dois =

Pergunte para a

Mônica.