PATROCINADORES

Gilmar Mendes suspende julgamento sobre foro privilegiado de Flávio Bolsonaro

O ministro Gilmar Mendes, do STF, atendeu a um pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e suspendeu no sábado (23) o julgamento no Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro – marcado para a próxima semana – sobre a competência para o andamento da investigação do suposto esquema das rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio. Mendes determinou que o TJ não discuta a questão até que as ações do senador sobre o foro adequado para o caso, em tramitações na Corte, sejam julgadas. O filho do presidente Jair Bolsonaro, o ex-assessor dele Fabrício Queiroz e mais 15 pessoas foram denunciados pelo Ministério Público do Rio pelos crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e apropriação indébita. Os fatos relatados na denúncia do MP-RJ teriam ocorridos quando o Flávio ainda era deputado estadual. Os advogados do político questionam a legalidade da apuração e afirmam que ele não poderia ser julgado na 1ª instância, por ter terminado o mandato de deputado e assumido uma cadeira de senador.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − treze =

Pergunte para a

Mônica.