Document
PATROCINADORES

Gilmar Mendes arquiva inquérito de Aécio no caso de Furnas

O ministro Gilmar Mendes, do STF, arquivou na sexta-feira (29) o inquérito que investigava o senador Aécio Neves (PSDB) por corrupção no caso de Furnas. Mendes atendeu o pedido da Polícia Federal, que concluiu pela falta de provas da participação do político em um suposto esquema na estatal do setor elétrico.

Por que é importante

A investigação foi aberta em 2016 a pedido do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. A suspeita era de que Aécio teria recebido propinas, por intermédio de um ex-diretor de Furnas, a partir de dinheiro desviado em contratos com empresas terceirizadas

Quem ganha

Aécio Neves, que fica livre do processo

Quem perde

A Procuradoria-Geral da República, que defendia que o caso fosse enviado à primeira instância

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.