PATROCINADORES

Familiares de Queiroz não comparecem a depoimento, diz MP

O Ministério Público do Rio de Janeiro informou que a mulher e as duas filhas de Fabrício Queiroz não compareceram para depor nesta terça-feira (8). Segundo o MP-RJ, a defesa alegou que os familiares do ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) “mudaram-se temporariamente para São Paulo” para acompanhar o tratamento médico dele. Os advogados informaram que Queiroz está internado no Hospital Albert Einstein para a retirada de um tumor. O ex-assessor do filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) é aguardado para prestar esclarecimentos sobre movimentações no valor de R$ 1,2 milhão consideradas “atípicas” pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Ele faltou a dois depoimentos marcados anteriormente. Em nota, o MP-RJ indicou que o não comparecimento dele e dos parentes não prejudica o andamento do caso. “Vale destacar que a prova documental encaminhada pelo Coaf tem informações que permitem o prosseguimento das investigações, com a realização de outras diligências de natureza sigilosa, inclusive a quebra dos sigilos bancário e fiscal.”

Por que é importante

O caso envolvendo o ex-motorista de Flávio Bolsonaro se arrasta ainda sem explicações convincentes

Quem ganha

A ausência de esclarecimentos beneficia a oposição ao governo Bolsonaro

Quem perde

A família do presidente, já que o assunto segue em evidência

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − nove =

Pergunte para a

Mônica.