PATROCINADORES

Fachin nega liminar para suspender inelegibilidade de Lula

O ministro Edson Fachin, do STF, rejeitou o pedido de defesa de Lula para reverter a inelegibilidade do ex-presidente. Os advogados argumentavam que a decisão liminar do Comitê de Direitos Humanos da ONU garantia os direitos políticos de Lula. Fachin pode levar o tema para ser discutido no plenário da Corte.

Por que é importante

Lula poderia voltar à corrida presidencial caso tivesse uma decisão favorável

Quem ganha

Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT), principais herdeiros dos votos do ex-presidente

Quem perde

O PT e Fernando Haddad, que permanecem de fora dos debates e sabatinas com os presidenciáveis

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =

Pergunte para a

Mônica.