PATROCINADORES

Fachin garante que Lava-Jato não vai sofrer retrocessos

O ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no STF, afirmou na quarta-feira (12) que a operação não será prejudicada pelo vazamento de mensagens entre o ex-juiz Sergio Moro (atual ministro da Justiça e Segurança Pública) e os procuradores da força-tarefa, principalmente Deltan Dallagnol. Fachin reforçou o legado da Lava-Jato no combate à corrupção.

“A Lava-Jato é uma realidade e não acredito que esta realidade venha a ser afastada por qualquer circunstância conjuntural. A operação trouxe um novo padrão normativo, jurídico, portanto, e também de natureza ética ao Brasil e à administração pública. Tenho confiança plena que isso não é suscetível de qualquer retrocesso”, disse o ministro.

Por que é importante

A fala do ministro Edson Fachin é uma garantia de que os vazamentos não irão afetar os rumos da Lava-Jato

Quem ganha

A defesa do combate à corrupção dentro do que a lei permite

Quem perde

Moro e Dallagnol, que estão sob pressão após a divulgação dos diálogos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.