Document
PATROCINADORES

Eduardo Cunha consegue habeas corpus, mas seguirá preso

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, concedeu nesta quinta-feira (28) um habeas corpus ao ex-deputado Eduardo Cunha. A decisão revogou um mandado de prisão expedido pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte. Apesar disso, Cunha continuará preso em função de outros três decretos de prisão preventiva.

Por que é importante

Eduardo Cunha está preso desde outubro de 2016. O ex-presidente da Câmara já foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a 24 anos de detenção por desvios na Caixa Econômica

Quem ganha

A instabilidade política. As recentes decisões de ministros do STF abrem brechas para que políticos presos por envolvimento em casos de corrupção possam sonhar com a liberdade

Quem perde

Cunha, que seguirá detido

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.