Document
PATROCINADORES

Economia perde quatro secretários após furo no teto de gastos

O anúncio da promoção de waiver da lei do teto não só derrubou a bolsa e elevou o dólar. O comunicado do ministro da Economia, Paulo Guedes, gerou a debandada de quatro secretários da pasta. De acordo com a assessoria de comunicação da Economia, pediram exoneração nesta quinta-feira (21) Bruno Funchal (secretário especial do Tesouro e Orçamento) (imagem) e Jeferson Bittencourt (secretário do Tesouro Nacional). A seguir, alegando “razões pessoais”, pediram para sair Gildenora Dantas (secretária especial adjunta do Tesouro e Orçamento) e o Rafael Araújo (secretário-adjunto do Tesouro Nacional).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.