PATROCINADORES

Doria critica proposta de CPMF e aumento de impostos

O governador de São Paulo, João Doria, criticou nesta sexta-feira (7) a criação de uma nova CPMF e o aumento da carga de impostos na reforma tributária conduzida pelo governo junto ao Congresso. “Somos contra. Não vejo razão para aumento de carga, apesar de toda a circunstância de pandemia e do enfraquecimento da economia brasileira, com a redução de arrecadação dos municípios, dos estados e, evidentemente, do governo federal. Mas isso não justifica aumento”, afirmou.

A discussão da criação de um imposto sobre transações eletrônicas nos moldes da CPMF com o Congresso tem o aval do presidente Jair Bolsonaro. Mas o governador paulista defende outra estratégia no combate à crise.  “O que é importante fazer é a modernização administrativa: reduzir despesas, fechar empresas, autarquias, estimular o programa de desestatização para diminuir o custo direto da administração de empresas, autarquias, e ampliar as outorgas, através de concessões ferroviárias, rodoviárias, portos e aeroportos”, argumentou Doria, que destacou ser necessário não onerar o setor produtivo.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =