Document
PATROCINADORES

Deputado estadual perde mandato por disseminar fake news sobre eleições

O deputado estadual do Paraná Delegado Fernando Francischini (PSL) (imagem) teve seu mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira (28). O parlamentar é acusado de disseminar notícias falsas sobre a segurança das urnas eletrônicas durante as eleições de 2018. A corte também votou pela inelegibilidade de Francischini até 2026 – oito anos contados a partir de 2018,.

O paranaense foi investigado por uso indevido dos meios de comunicação e por abuso de autoridade pela realização de uma live durante o primeiro turno das eleições de 2018. Na transmissão em suas redes sociais, Francischini afirmou que as urnas foram fraudadas ou adulteradas para impedir a eleição de Jair Bolsonaro, o que se provou incongruente. O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) o absolveu por entender que não há prova que a transmissão tenha influenciado o pleito. O Ministério Público Eleitoral do Paraná recorreu ao TSE. A defesa do político classificou as declarações de 2018 como “infelizes”.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.