Document
PATROCINADORES

Dallagnol é punido por críticas a Renan Calheiros

Por nove votos a um, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu, nesta terça-feira (8), punir o procurador da República Deltan Dallagnol, ex-coordenador da Lava-Jato em Curitiba. A penalidade ocorre pelas críticas feitas pelo procurador ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), quando o parlamentar concorreu à presidência do Senado, em 2019. O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) venceu a disputa na ocasião.

Na ação apresentada contra Dallagnol, Renan Calheiros alegou interferência do procurador na disputa pela presidência do senado. Nas postagens, Dallagnol afirmava que com Calheiros à frente da Casa dificilmente seria aprovada a reforma contra corrupção. Foi aplicada penalidade de censura a Dallagnol. É a segunda punição mais branda, depois da advertência, e tem como consequência atraso na progressão de carreira. Pode, também, servir como agravante em outros processos no conselho.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.