PATROCINADORES

Criminoso diz ter agido “em nome de Deus”

Segundo a Polícia Militar, o autor do atentado contra Jair Bolsonaro, Adelio Bispo de Oliveira, disse que a tentativa de assassinato foi feita a mando de Deus. Reportagem da Folha de S. Paulo cita a sobrinha de Oliveira, que disse que o tio mudou o comportamento nos últimos três anos e já tivera “surtos” antes, quando dizia “palavras desconexas”. Saiba mais sobre Oliveira aqui.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 3 =

Pergunte para a

Mônica.