Document
PATROCINADORES

CPI da Pandemia: eventual convocação de Guedes já provoca embate

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), provável vice-presidente da CPI da Pandemia, disse nesta segunda-feira (19) que o ministro da Economia, Paulo Guedes, pode ser convocado para prestar esclarecimento sobre a paralisação do pagamento do auxílio emergencial. Em entrevista à GloboNews, Randolfe afirmou que a interrupção do benefício “incentivou aglomerações, criando condições para disseminação da nova cepa”. “Teve um estudo do Ministério da Economia, em novembro, dizendo que não ocorreria nova onda. Com base em que? Acho que é necessário ouvir o ministro Paulo Guedes”, comentou. O entendimento vai na contramão da avaliação do senador Omar Aziz (PSD-AM), que deve ser escolhido para presir a comissão. À rádio CBN, Aziz declarou que, se depender dele, Guedes não será chamado, já que o colegiado investigará assuntos relacionados ao novo coronavírus – e não assuntos econômicos. “É outra comissão que tem que tratar disso. A nossa comissão trata sobre a razão do Brasil ter 26% das mortes do mundo por Covid-19. O que nós não fizemos, o que acontece, por que a gente não comprou vacina, por que a gente não entrou nos consórcios, por que o Brasil não fez uma barreira sanitária. A questão do auxílio emergencial não é a CPI que vai tratar”, pontuou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.