PATROCINADORES

Com pacote de bilhões, presidente do Fed diz que chegou a hora de “fazer o que for preciso”

Depois sinalizar que que não seriam medidos esforços para manter a economia, o Fed (banco central norte-americano) anunciou nesta segunda-feira (23) uma severa expansão de seus programas. A intenção é manter em funcionamento os mercados de crédito, o que agora passa a incluir dívidas corporativas e de governos locais. O Fed deve comprar centenas de bilhões de dólares em títulos. Esta decisão era considerada necessária desde a semana passada e visa atenuar riscos sistêmicos.

Para o presidente do Fed, Jerome Powell, o “momento de fazer o que for preciso chegou nesta segunda-feira”. Em comunicado, o Fed afirmou que as compras de títulos do Tesouro e títulos lastreados será praticamente ilimitada. Para esta semana foram alocados US$ 375 bilhões para títulos do Tesouro e US$ 250 bilhões para títulos lastreados em hipotecas.

Também foi divulgado o lançamento de três novos créditos, dois para grandes empregadores, e um para consumidores e empresas – o Talf. A intenção é que esses mecanismos apliquem US$ 300 bilhões em novos financiamentos. O Tesouro irá cobrir US$ 30 bilhões em perdas. Em breve o Fed deve anunciar um programa de ajuda para pequenas e médias empresas.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.