Document
PATROCINADORES

Collor é alvo de busca e apreensão

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (21) a Operação O Quinto Ato para apurar um esquema de corrupção envolvendo o pagamento de propina no Ibama para a liberação de licenças ambientais para a instalação de um porto em Pontal do Paraná, no Paraná. Entre os alvos está o senador Fernando Collor de Mello (PROS). Os policias cumprem mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Collor. A ação foi autorizada pelo ministro Edson Facchin, do STF. Segundo a PF, a investigação atual é um desdobramento da Operação Politeia, deflagrada em 2015, que apreendeu carros de luxo do senador. Os veículos teriam sido pagos com a utilização de recursos decorrentes de vantagens indevidas recebidas de empresários que tinham interesse na atuação política de Collor junto a órgãos federais. O nome da ação (O Quinto Ato) é uma referência a um rastreamento financeiro feito pela PF a partir da quinta parcela de um jato executivo comprado pelo senador.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.