PATROCINADORES

Colaboração seletiva? Witzel vai ao STF para não se comprometer na CPI

A CNN Brasil relata que o ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel entrou com um pedido no STF para prestar depoimento na CPI da Pandemia como convidado e não como testemunha. A alegação envolve o fato de o ex-gestor ser investigado por supostamente integrar um esquema de corrupção na saúde do Rio – motivo que contribuiu para seu impeachment. Como testemunha, Witzel estará sob juramento de dizer a verdade, não poderá ficar em silêncio e corre o risco até mesmo de ser preso. Caso se apresente à comissão como convidado, o ex-governador terá a garantia de se esquivar de falar dos processos contra ele e ganhar palco para atacar o presidente Jair Bolsonaro, seu antigo aliado. O depoimento está marcado para a próxima quarta-feira (16). O relator do caso na Corte ainda não foi definido.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.