PATROCINADORES

“Coisa típica de governo fraco”, critica Rodrigo Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou o decreto do presidente Michel Temer (MDB) autorizando o uso das Forças Armadas para liberação das rodovias. “Isso é coisa típica de governo fraco”, disse Maia em entrevista ao blog do Josias de Souza, no UOL. Para o presidente da Câmara, o governo deveria se contentar com a decisão do STF. A pedido da AGU, o ministro Alexandre de Moraes autorizou o uso da Polícia Rodoviária Federal, da Força Nacional e das Polícias Militares para o desbloqueio das vias e decretou multas para manifestantes que desrespeitarem ordens. “As Forças Armadas devem ser deixadas para o final, para situações extremas. Mas o presidente parece gostar do simbolismo”, completou Maia.

Por que é importante

A articulação para resolver a greve dos caminhoneiros escancara um novo racha entre o presidente Temer e Rodrigo Maia. A fala do deputado mostra que a Câmara não está em sintonia com o Palácio do Planalto

Quem ganha

A continuidade da greve

Quem perde

A imagem de Temer como um grande articulador político

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + catorze =

Pergunte para a

Mônica.