Document
PATROCINADORES

Coaf deve permanecer com Sergio Moro

O Conselho de Controle de Atividade Econômica (Coaf) deve permanecer no Ministério da Justiça e Segurança Pública, sob o comando do ministro Sergio Moro. Segundo o relator da medida provisória que reestrutura os ministérios do governo federal, senador Fernando Bezerra (MDB-PE), o Coaf não deve ir para o ministério da Economia, de Paulo Guedes, como gostariam alguns parlamentares. Sob o mando do ex-juiz da operação Lava Jato, o Coaf deve continuar focado no combate ao crime organizado.

Por que é importante

A ida do Coaf para o ministério de Paulo Guedes foi alvo de críticas do próprio ministro Sergio Moro, que temia perder a pasta

Quem ganha

Se o Coaf ficar no ministério da Justiça, Sergio Moro sai vitorioso na disputa

Quem perde

Parlamentares que eram contra o Coaf na Justiça, que temiam investigações nas mãos de Moro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.