Document
PATROCINADORES

CNJ intima Favreto e Moro

O corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro João Otávio de Noronha, intimou nesta quinta-feira (19) os desembargadores Rogério Favreto e João Pedro Gebran Neto, ambos do TRF-4, e o juiz federal Sérgio Moro a prestarem informações sobre as decisões conflitantes envolvendo o ex-presidente Lula. Os envolvidos terão 15 dias para se manifestarem sobre o caso. O prazo começa a contar a partir de 1º de agosto, por causa do recesso do Judiciário.

Por que é importante

O CNJ vai apurar se Favreto, Gebran e Moro cometeram infrações disciplinares durante o impasse jurídico sobre a concessão de liberdade ao petista

Quem ganha

O PT, que vai aproveitar para politizar o caso

Quem perde

O Judiciário, com a credibilidade sendo discutida

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.