Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Centrão não quer deixar de fazer parte do próximo governo

Centrão não quer deixar de fazer parte do próximo governo

Aliado de Geraldo Alckmin (PSDB), que não decolou nas pesquisas, o Centrão já discute o que vai exigir para apoiar Jair Bolsonaro (PSL) ou Fernando Haddad (PT) em um eventual segundo turno entre os dois candidatos. Segundo a agência Reuters, a “fatura” será o espaço que cada um dos presidenciáveis vai oferecer ao bloco no governo caso seja eleito.

Por que é importante
O bloco formado por PP, PR, PRB, DEM e Solidariedade conta 124 deputados, que podem atuar como fiel da balança em qualquer votação no Congresso
Quem ganha
O Centrão, que não abre mão de fazer parte do próximo governo - seja ele qual for
Quem perde
Alckmin. A avaliação do bloco é que o tucano não tem mais condições de chegar à etapa final da corrida ao Palácio do Planalto

Envie seu comentário