PATROCINADORES

Celso de Mello arquiva inquérito de Aloysio Nunes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello arquivou, a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, inquérito aberto envolvendo o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes (PSDB). A investigação está relacionada à delação premiada de Ricardo Pessoa, da empreiteira UTC, que alega ter doado R$ 500 mil à campanha de Aloysio ao Senado, em 2010. Raquel Dodge disse que o delator não apresentou provas do suposto repasse à campanha de Aloysio e nem dados suficientes para o processo criminal. Daí o pedido para que o ministro Celso de Mello arquivasse o inquérito.

Por que é importante

Aloysio Nunes é senador licenciado do PSDB e, recentemente, assinou, junto com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e outros políticos, o manifesto intitulado “Por um polo democrático e reformista”, defendendo a candidatura de Geraldo Alckmin como o único candidato viável à presidência da República

Quem ganha

Aloysio Nunes e o PSDB

Quem perde

Ricardo Pessoa, da UTC, que não conseguiu comprovar o que disse na delação premiada

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =

Pergunte para a

Mônica.